ERA UMA VEZ

Se tudo isso é novo para você, leitor/seguidor, imagina para mim, o autor!



O meu 'Era uma vez...'


Durante toda a minha vida eu fui um garoto muito, mas muuito criativo, chegava ser engraçado como "Você é criativo e pode me ajudar" e "Socorro, estou sem criatividade" eram frases comumente ouvidas desde muito cedo.


Cada presente que eu queria dar tinha que ser surpreendentemente embalado, cada apresentação de trabalho tinha que ser merecedora de nota máxima (e óbvio que eu sempre carregava o grupo nas costas, ainda falaremos mais sobre isso).


Mas sabe qual o grande problema dessa galera criativa? A cada 5 criativos, 8 são os conhecidos 'procrastinadores de ideias', segundo eu mesmo. E eu tenho certeza que se você chegou até esse post, sabe muito bem do que eu estou falando, pois bem, eu era um desses caras que tinha 1001 ideias e planos para a vida e na hora da execução tudo se transformava em desculpas (está se identificando, né? Eu sei)


Pois bem, até que chegou um dia que eu ouvi uma frase que transformou a minha vida:

"Imagina a quantidade de pessoas que estão deixando de ter suas vidas impactadas por conta da sua procrastinação"

Pois é migos, morri! E o que eu fiz? MUDEI!!! Óbvio que não, mas continuei procrastinando tudo o que podia, mas dessa frase em diante, com aquele pesinho na consciência, que antes eu não tinha.


Como virar a chavinha? Eu li um livro - e sugiro que também o leia - se chama "Jesus é_______" me identifico muito com o autor, autor esse que conheci através do menino Justin. Judah Smith.


"Alguns de vocês têm o cérebro repleto de prateleiras cheias, todas alinhadas em fileiras. Tudo está indexado e em ordem alfabética. Vocês quantificam e qualificam e calculam sua vida, e isso é incrível. Deus os abençoe. As paredes de meu cérebro, por sua vez, estão cobertas de post-its. E os post-its estão cheios de rabiscos. E os rabiscos estão realçados em várias cores néon. Portanto, se eu der muitas voltas neste livro, vocês já sabem por quê. Orem por mim "

Eu sei que você continua se identificando com tudo isso, pois bem, eu também tenho uma organização ‘cabeçal’ bem parecida com essa, mas o grande problema é que eu nunca soube me organizar sozinho em meio a tantos post-its, cores, rabiscos sobre rabiscos e estava tudo bem, mas houve um dia que precisei mudar. Arranquei os post-its? Não, eles fazem parte de mim rsrsrs mas passei a entender melhor o que fazer com eles. 


Eu estava prestes a mudar de emprego e percebi que esse era um ponto negativo e antes dessa transição resolvi mudar. E mudei.


Foi um processo bastante difícil, mas gradualmente rápido. Eu era o cara que nunca sabia onde estava a chave que 'guardei' quando cheguei no dia anterior e comecei por aí, passei a guardá-la sempre no mesmo lugar, no móvel da tv, ao lado do quadro daquele artista muito famoso e renomado, Gabriel Kruber Ashino, meu irmão de 4 anos.


Eu comecei, também, a anotar minhas tarefas que até então estavam somente na minha cabeça e percebi que a minha programação de afazeres não cabia dentro de 24h, então passei a dividir em períodos possíveis de execução.


O próximo passo foi organizar os meus planos e projetos de vida. Curto, médio e longo prazo. E migos, acredita que a parada começou a funcionar mesmo? Fiquei muito feliz com os resultados então  apliquei (e tenho aplicado) em todas as áreas da minha vida.


É com pequenos passos que se obtém grandes transformações e com isso aqueles seus planos, tarefas e projetos deixam de ser o "Era uma vez" dos contos de fadas e realmente saem do papel.


E foi assim que o Menino Criativo derrotou o seu inimigo malvado, Procrastinazord.

NOVIDADES?

QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES, ASSINE :)

SIGA-NOS OS BONS

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle

© 2023 by PERHHAPS CREATION

logo completo.png